gilmelândia


Gilmelândia Palmeira dos Santos (Salvador/BA, 20 de setembro de 1975), popularmente conhecida apenas como Gil ou Gilmelândia, é cantora, atriz e foi apresentadora de televisão aberta SBT. Em 1998 Gil ganhou notoriedade nacional assumindo o vocalista da Banda Beijo, onde se despedia Netinho (vocalista anterior). Em 2001 deixou a Banda Beijo e segui carreira solo. Em 2009, assumiu o vocal da Banda Vixe Mainha no lugar de Pierre Onásis. Em 2011, seguiu carreira solo com sua alegria e carisma que são suas marcas registradas.


vocal BANDA BEIJO        vocal BANDA VIXI MAINHA   



2017 - JANEIRO
- Gilmelândia comanda Pré-Carnaval no CTN São Paulo
- Gilmelândia e Reinaldo comandam bloco em São Paulo
- Bloco se te pego não te largo desfila no Ibirapuera
- Gilmelândia e Reinaldo convidam Tuca Fernandes


MAIO - 2016
18.05 - pocket show,, Petit ExpoChic
Ceremonial Maria Leonor, Salvador BA


2015 - OUTUBRO
- Banda Afrodisíaco se apresenta no Pelô


2015 - JULHO
- "Tambor de Gil", novo EP da Gilmelândia


2015 - MAIO
- Lançamento do EP Tambor de Gil no Pelourinho


2015 - JANEIRO
- Lavagem de Jauá, Camaçari BA


2014 - JULHO
- Mica Alegre 2014, micareta Campo Alegre de Lourdes BA


2014 - JANEIRO
- Lavagem de Monte Gorde, folia em Camaçari BA
- Olodum convida Filhos de Jorge, Armandinho e Gilmelândia
- Lavagem de Jauá: Gilmelândia e Terra Samba/a>


2013 - OUTUBRO
- Banda 5% grava com a cantora Gil seu novo CD


2013 - ABRIL
- O Baile com Gilmelândia


2013 - JANEIRO
- Muzenza convida Gilmelândia e Larissa Luz (ex Ara Ketu)


2012 - NOVEMBRO
- Jorge Vercillo e Gil – Cantando Caetano


2012 - SETEMBRO
- Artistas vestem a camisa "Sou Retado, Seja Também"
- Gilmelândia faz show para crianças do hospital Martagão


2012 - AGOSTO
- Duas Medidas convida Gilmelândia


2012 - CARNAVAL
- Bloco da Gil desfila pela primeira vez no carnaval


2012 - FEVEREIRO
- CarnaPrincesa, carnaval antecipado de Itabaianinha SE
]

2012 - JANEIRO
- Cortejo Afro convida Márcia Freire e Gilmelândia
- LevaNóiz convida Gilmelândia


2011 - OUTUBRO
- Terça Mágica, ensaio Banda Rio Vermelho


2011 - AGOSTO
- Gilmelândia canta Caetano no TCA


2009 - JULHO
- Gil assume vocal Vixe Mainha


2008 - OUTUBRO
- Assú Folia, micareta de Assú RN


2008 - JULHO
- 16ª edição Sanfolia, micareta de Santana BA


2007 - SETEMBRO
- Agenda de shows e eventos


2007 - AGOSTO
- Agenda de shows e eventos


2007 - JULHO
- Agenda de shows e eventos
- Manaus Folia, micareta de Manaus AM
- Palmas Folia, micareta de Palmas TO
- Canta com Gilmelândia em SP
- Viva Noite traz Ivete Sangalo


2007 - JUNHO
- Agenda de shows e eventos


2007 - MAIO
- Agenda de shows e eventos
- Criticada pela SBT


2007 - ABRIL

- Agenda de shows e eventos
- Viva Noite traz Netinho


2007 - MARÇO
- Agenda de shows e eventos
- Recebe homenagem Casa da Música
- Mostra: Gil, a menina carnaval
- Estréia Programa Viva Noite SBT
- Axé Comics- Mostra de Humor com Sotaque Baiano


2007 - FEVEREIRO
- Expresso 2222 desfila na Barra
- Agenda de shows e eventos
- JuaFest, Juazeiro BA


2007 - JANEIRO
- Agenda de shows e eventos


2006 - DEZEMBRO
- Participa ensaio Cor de Mel
- Agenda de shows e eventos


2006 - NOVEMBRO
- Trio na Festa do Vitória
- Agenda de shows e eventos


2006 - OUTUBRO
- Lançamento bloco Alô Inter 2007
- Micarita, Itarará SP
- Agenda de shows e eventos


2006 - SETEMBRO
- Gravação tema Band Folia 2007
- Agenda de shows e eventos
- Carnaxelita, Currais Novos
- Pantaneta, micareta


2006 - AGOSTO
- Entre as 31 gatas da Playboy


2006 - JULHO
- Agenda de shows e eventos
- Concorrem Prêmio Tim Música


2006 - JUNHO
- Agenda de shows e eventos
- Gil vai puxar Bloco Crocodilo
- Cancela 2shows no interior baiano
- Embarca para Alemanha
- Atração do Bloco Alö Inter


2006 - MAIO
- Lançamento Bloco A Novidade
- Participação show Marcelo Timbó
- Agenda de shows e eventos
- Cd beneficiente Mulheres


2006 - ABRIL
- 12ª edição Micarana, Itabaiana SE


2006 - MARÇO
- Eva, Gil e Oba na Costa do Sauípe
- Agenda de shows e eventos


2006 - FEVEREIRO
- Ensaio Geral com Gil, Chicle e Rappa
- Agenda de shows e eventos
- ItabuFolia, micareta Itabuna BA
- Atalaia Folia, micareta Atalaia AL


2006 - JANEIRO
- Convidada ensaio Os Mascarados
- Comanda a festa da rádio 104FM
- Agenda de shows e eventos


2005 - DEZEMBRO
- Anima a Conceição Light em Salvador


2005 - NOVEMBRO
- Investe na canção Tatuagem


2005 - OUTUBRO
- Definição atrações Ensaio 2006


2005 - SETEMBRO
- Apresentação Praça Pública
- Agenda shows e eventos


2005 - AGOSTO
- Agenda shows e eventos


2005 - JULHO
- Agenda shows e eventos
- Programa da Hebe


2005 - JUNHO
- Agenda shows e eventos
- Programa de Gilberto Barros


2005 - MAIO
- CD Canto da Sereia
- Agenda shows e eventos


2005 - ABRIL
- Agenda shows e eventos


2005 - MARÇO
- 15ª edição do Garanheta, micareta Garanhuns


2005 - JANEIRO
- Ensaio Balada do Jammil


2004 - DEZEMBRO
- Anima o Conceição Light


2004 - OUTUBRO
- 12ª edição Alafolia, micareta de Alagoinhas BA


2004 - SETEMBRO
- Grava videoclip Trancoso


2004 - AGOSTO
- Gilmelândia está procurando beijo


2004 - MAIO
- 14ª edição do Garanheta, micareta Garanhuns


2004 - JANEIRO
- Lapa Folia, Bom Jesus da Lapa BA


2003 - OUTUBRO
- 11ª edição Alafolia, micareta de Alagoinhas BA


2002 - ABRIL
- 7ª edição GV Folia, micareta de Governador Valadares MG


1998 - OUTUBRO
- Gil estréia Banda Beijo
- Gil, nova vocalista da Banda Beijo


TRAJETÓRIA HISTÓRICA
Gilmelândia Palmeira dos Santos (Salvador/BA, 20 de setembro de 1975), popularmente conhecida apenas como Gil ou Gilmelândia, é cantora, atriz e apresentadora de televisão. Em 2009, Gilmelândia é a nova carra do vixe mainha, a cantora promete unir a musicalidade do vixe mainha com a alegria e carisma que são suas marcas registradas. Quando se fala em Vixe mainha todos lembram da batida incomparavel e da musicalidade marcante da banda que emplacou sucessos, agora imagine misturar tudo isso?! O resultado é a nova Vixe Mainha.


1998 - vocalista da Banda Beijo
2000 - deixa a banda Beijo
2000 à 2009 - carreira solo
2009 - vocalista da Banda Vixe Mainha

2013
Verbo embalar sempre esteve associado à cantora Gilmelândia. Com 20 anos de carreira, passagens por vários blocos e músicas que até hoje fazem parte do imaginário popular, essa cantora não se intimidou em meio aos desafios típicos do disputado mercado musical e conseguiu construir uma carreira marcada por uma voz forte e penetrante, um jeito impar de cantar e uma disposição única para levar aos seus fãs a alegria necessária para arrastar multidões por onde passa. Adepta a inovações e sempre preocupada com as tendências dos universos musical e da moda, Gil moldou uma imagem de cantora alto astral, de bem com a vida, "camaleônica", sempre inovando no visual, criteriosa com seu repertório, consciente do seu papel social e sempre atenta ao poder da palavra emitida em grandes proporções quando se tem um microfone na mão. Sempre engajada em causas sociais, gravou o clipe de seu hit "Bate Lata" com os meninos do projeto social "Pracatum", que é uma escola de percussão para crianças e adolescentes da periferia de Salvador. É também uma das madrinhas da campanha nacional de "Combate ao Abuso Sexual Infantil", que tem rodado o Brasil em eventos de conscientização e prevenção. Esse ano, desfilou no Carnaval de Salvador com o Bloco da Gil, que teve como tema o "Combate ao Câncer de Mama", por ser madrinha da campanha na Bahia. Essas características fazem de Gil uma das artistas mais respeitadas e reconhecidas pelo público brasileiro e a imprensa nacional. Filha de Joana D’Arc Palmeira e Orlando dos Santos, Gilmelândia Palmeira dos Santos nasceu na cidade de lt Salvador , capital da Bahia . Seu nome é uma junção de Jumelândia, homenagem a uma amiga de sua mãe, com Gil, referente à Barra do Gil, praia da Ilha de Itaparica , onde seus pais passaram a lua-de-mel , tendo como irmãos Angstrom (Tom), Celsius e Flávia. Apesar de ter passado por uma infância pobre, tendo uma família humilde, Gil sempre nutriu o sonho de ser artista, a contra gosto de sua mãe. Com 5 anos de idade foi morar no circo com seu pai, que era técnico em eletrônica. Alem dos dotes artísticos, sempre foi ligada ao esporte. Na infância, praticou atletismo, chegando a ter tempo olímpico aos 11 anos. Aos 16, se formou no Magistério e se tornou professora.
Em 1990 , uma vizinha, que sempre lhe ouvia cantar enquanto lavava roupas no quintal, lhe apresentou o músico Tom Caldas. Logo depois, o músico e cantor se tornou seu parceiro musical. Ainda com o impedimento da família, que temia o envolvimento da cantora com bebidas e drogas, Gil passou a cantar escondida em bares e festivais junto com Tom, fugindo de casa para se apresentar. Conciliando com a dupla, Gil integrou outras bandas como Pinote, Jóia (banda) e Laranja Mecânica . Na banda Pinote, foi convidada por Sissi Melo, backing vocal e colega de banda, para gravar a música "Peraê", do compositor Marquinhos Carvalho, marido de Sissi. O compositor mostrou a canção ao cantor Netinho que, na época, procurava uma vocalista para a Banda Beijo, parada desde sua saída em 1992. Netinho se encantou pela belíssima voz de Gil, e a convidou para ser a nova vocalista da Banda Beijo.
Em 1997 , se separou da dupla com Tom Caldas, encerrando sua carreira independente em um último show Lagoa do Abaeté , após assinar com a Universal Music para ser a nova vocalista da Banda Beijo .
"1998 – 2001 - Banda Beijo" ==> Após contatar Gilmelândia e assinarem com a Universal Music para lançá-la como a nova cantora da Banda Beijo, a gravadora lhe sugeriu que usasse como nome artístico apenas Gil, para melhor compreendimento do público. A cantora passou por nove meses de preparação de canto e dança, além de emagrecer dez quilos e cortar os cabelos longos em forma de cocós (birotes amarrados com fios de arame). O guarda-roupas passaram também por uma transformação, trocando os vestidos colados por calças folgadas, aderindo ainda tatuagens de henna e piercing , compondo um visual andrógino , inspirado na juventude londrina, tendo o novo visual assinado pelo estilista gaúcho Miguel Carvalho . Ainda em 1998, a Banda Beijo lança seu primeiro álbum com Gil nos vocais, o "Banda Beijo Ao Vivo" em balado pela canção "Peraê", que rapidamente alcançou o primeiro lugar no Hot 100 Brasil , sendo que em outubro a banda estréia sua primeira turnê com a nova formação no Rio de Janeiro . Nessa época Gil ficou marcada pela frase "Não é Banda Beijo? Então tem que ter beijo", incentivando as pessoas a se beijarem no show enquanto cantava o sucesso "Beijo Na Boca", canção dos tempos de Netinho como vocalista. Em 1999, a banda lança seu segundo álbum com a cantora, intitulado "Meu Nome é Gil" e, em 2000 lança o terceiro e último álbum com Gil como vocalista, embalado pelo sucesso "Bate Lata", antes da cantora deixar a banda para seguir carreira solo, aconselhada por seu empresário e pelo cantor Netinho.
"2001 – 2011 - Carreira Solo" ==> Em 2001 Gil lança seu primeiro álbum solo, " Me Beija", saindo logo com o primeiro single estourado em todo Brasil , a canção "Maionese", alcançando o primeiro lugar no Hot 100 Brasil e tornando-se uma das canções mais executadas do ano. Em 2002 , menos de um ano depois, lança o segundo álbum, Movimento , tendo como maior sucesso do álbum a canção "Miau". Em 2003 a cantora lança seu primeiro álbum ao vivo, trazendo uma releitura da canção "Você Não Me Ensinou a Te Esquecer". Em 2005 voltou ao cenário musical embalada pela canção "Chegou o Verão", presente no álbum " lt O Canto da Sereia". Com esse álbum, foi indicada ao Grammy Latino na categoria "Melhor CD de Musica Brasileira" e ganhou o Prêmio TIM de "Melhor Cantora Popular". Cantando MPB, Gil teve músicas que, na sua voz, fizeram parte da trilha sonora de novelas da Rede Globo e SBT. Músicas como "Vamo Embolando", "Tatuagem" e "Notícias". Gil também cantou a trilha de abertura do verão nacional da Band, com a música "Chegou Verão". Aos 31 anos, Gil figurou na lista das 31 mulheres mais sexys do mundo com essa idade, de acordo com a revista Playboy. Atestando sua capacidade de se reinventar, saiu de um visual totalmente despojado na Banda Beijo, para o de "mulher fatal" na carreira solo. Figuraram nesse ranking artistas como: Ana Paula Arósio, Angelina Jolie e Jennifer Lopez.
2006 - Gil ganha, em 2006, o Prêmio TIM de Música Brasileira como Melhor Cantora Popular. A regravação de Tatuagem de Chico Buarque, fez parte da trilha sonora musical da novela A Lua Me Disse da Rede Globo. A música Vamo Embolando foi o tema das personagens de Rosamaria Murtinho e Lucinha Lins na novela Estrela Guia, também na Rede Globo. Junto do produtor musical Rick Bonadio, lança em 2009 pela Universal Music quatro músicas em um álbum promocional, entre elas Dominado.
Em 2009, Gil lança um álbum promocional, " Dominado", último trabalho lançado antes da cantora dedicar-se aos vocais da banda Vixe Mainha a partir daquele ano. De 2009 à 2010, a baiana Gil se dedicou à turnê Gilmelândia & Vixe Mainha. E, em 2011, Gil mergulhou num projeto cultural muito bonito chamado "Gil Canta Caetano", que tem como objetivo levar música de qualidade para a massa. Apresentou-se no teatro Castro Alves, em Salvador, com ingressos a um real, a fim de proporcionar à população de baixa renda o acesso à cultura. No show "Gil canta Caetano", a cantora homenageia Caetano Veloso interpretando sua obra de maneira única. Paralelo a este projeto, em 2011, Gil também saiu em turnê com o seu "Game Show" que reúne um repertório pra lá de carnavalesco, com o melhor do axé e seus grandes sucessos. O "Gil Game Show" utiliza a tecnologia interativa para criar um espetáculo de música, dança e participação. O público interage subindo no palco e jogando vídeo game ao vivo no painel de Led, enquanto Gil se apresenta, o que transforma esse momento numa experiência única para os fãs. Uma artista completa, Gil mostra desenvoltura em outras áreas que também envolvem a arte. No ano de 2009, ela atuou como apresentadora do programa Viva a Noite, do SBT, onde comandou a programação por oito meses, animando as noites dos sábados de muita gente com a sua simpatia e espontaneidade, característicos de sua personalidade. Esse período lhe rendeu muitos convites para que exibisse os seus dotes como apresentadora em transmissões do carnaval de Salvador e carnavais fora de época também. Em 2010, Gil foi a escolhida para substituir Luciana Gimenez no programa Superpop, da Rede TV, durante a licença maternidade da apresentadora.
No carnaval 2012, os fãs da cantora viveram novamente a emoção de curtir a maior festa popular do mundo atrás de um trio elétrico puxado por Gil. Com a proposta de oferecer diversão para o público, por um preço mais acessível, Gil criou o projeto após muitos pedidos de fãs. Apelidado por ela de "um bloco meio da pipoca", o "Bloco da Gil" é direcionado para aquele folião que a grande massa considera "povão". "Foi uma festa linda, para essa galera que aposta no trabalho de nós artistas, por um preço mais em conta, mas com direito a cordeiros, segurança e toda a estrutura de um bloco completo", contou. Atrelado à diversão, o "Bloco da Gil" tem também uma caráter social. Por ser a madrinha, na Bahia, pela Fundação José Silveira, da luta contra o câncer de mama, Gil estampou, durante o desfile no Carnaval de Salvador, uma campanha de conscientização da doença. Com o figurino chamado "Moda e Atitude", Gil mostrou um dos seios como forma de protesto e de chamar atenção para o combate a essa doença, que mata milhões de mulheres, pelo mundo, todos os anos. O Bloco da Gil desfilou no circuito Barra/Ondina na madrugada de sexta para sábado no Carnaval 2012. Atualmente, a cantora se prepara para lançar o seu primeiro DVD e encontra-se em fase de escolha de repertório. O mais novo hit é a musica "Saudade", do compositor Henrique Cerqueira, que acaba de ser lançada e tem arrebatado os corações apaixonados por todo o Brasil. A agenda de shows continua pelo país e fora dele, onde Gilmelândia leva para os quatro cantos, toda a musicalidade, originalidade, inovação e descontração que fazem dessa baiana, uma das mais queridas e consagradas artista da música brasileira.

NÚMEROS 2012
- 1800 Mil Cópias Vendidas
- 07 Prêmios
- 45 Fã-Clubes
- 60 Comerciais de Produtos
- 02 Programas Nacionais de Tv Apresentados

RELEASE 2015 - AGOSTO
Quando criança, Gilmelândia nunca pensou em ser cantora. “A única vontade que eu tinha era dividir sonhos e realizações com os meus irmãos, viver junto com eles, como mamãe sempre nos pediu. Minha primeira banda foi com eles. Os instrumentos eram panelas, cabos de vassoura, baldes e a função de cantora sobrou pra mim. Era muito legal.” A primeira vez que a cantora segurou um microfone na vida foi no Projeto Boca de Brasa em Salvador. Com 15 anos de idade conheceu Tom Caldas. Com ele cantou em bares e festas de Salvador durante dez anos. Os ensaios eram puxados e Tom exigia sempre que as músicas fossem passadas antes em estúdio. Gil não recusava show em nenhum lugar. De festas de criança até cemitérios. Tudo era motivo para ela soltar a voz e contagiar as pessoas. Aos 25 anos foi contratada como vocalista de apoio de uma banda de axé chamada Pinote em Salvador. Nesse período, é apresentada ao cantor Netinho, que encontra em Gil a sua substituta como líder e cantora na Banda Beijo.
A música Peraê é lançada em 1998 e se torna o primeiro grande sucesso de Gil a frente da Banda Beijo, sendo a mais tocada no Brasil naquele ano. O álbum Banda Beijo Ao Vivo, lançado pela Universal Music, bate recordes de venda e recebe Disco de Ouro e Duplo de Platina. A irreverência e o jeito moleca, características de Gil, marcam a carreira dela nos palcos. A energia contagiante dos shows mostra que a presença dela sempre foi um diferencial. Ainda com a Banda Beijo, Gil lança mais dois álbuns. A música Bate Lata é eleita a melhor do Carnaval da Bahia em 2001 pelo público, pelas rádios e pelos jornalistas.
No mesmo ano, Gilmelândia lança seu primeiro disco solo Me Beija. A música Maionese foi o carro chefe desse novo trabalho e também chegou a ser a mais tocada no Brasil, alcançando o primeiro lugar segundo a revista Billboard Brasil.
Em 2002, Gil lança seu segundo disco em carreira solo: Movimento. O primeiro disco ao vivo sai em 2003, trazendo uma releitura da canção Você não me ensinou a te esquecer de Caetano Veloso. Gilmelândia é indicada ao Grammy Latino na categoria Melhor CD de Música Brasileira em 2005 com o disco O Canto da Sereia lançado pela EMI. A música Chegou o Verão foi trilha de abertura do “Verão Nacional da Rede Bandeirantes”.

Gilmelândia passa a explorar outros gêneros musicais, como o reggaeton, ritmo caribenho
RELEASE 2015 - AGOSTO No Teatro Castro Alves, em Salvador, mergulhou em um projeto cultural chamado “Gil canta Caetano”. O objetivo era levar música de qualidade para a população de baixa renda. Os ingressos custaram apenas um real.
Outro projeto interessante é o Gil Game Show, com tecnologia interativa em um espetáculo de música e dança com interação do público. Gilmelândia também é apresentadora da TV. Comandou o programa Viva a Noite no SBT e substituiu Luciana Gimenez durante sua licença maternidade à frente do SuperPop da RedeTV.
Em 2012 leva ao Circuito Barra/Ondina no Carnaval baiano o Bloco da Gil. O trio elétrico teve um caráter social com o tema da luta contra o câncer de mama. Prestes a chegar na marca de um milhão de discos vendidos, Gilmelândia anuncia para o início de 2015 seu novo CD Tambor de Gil. O disco será uma homenagem à percussão da Bahia.


RELEASE 2007
Gilmelândia Palmeira dos Santos é o seu nome de batismo, "Meu nome é um parque de diversões", assim Aconteceu em homenagem a uma amiga da mãe, de nome também curioso, Jumelânia, "Meus pais foram passar a lua-de-mel em Barra do Gil (praia situada na Ilha de Itaparica - BA). Quando eu nasci, eles juntaram as duas coisas e virei Gilmelândia". Nascida em 20 de setembro de 1975, Gil teve uma infância muito difícil, mas feliz. Viveu de forma humilde, estudou magistério e virou professora. Começou a cantar na adolescência, época que também fazia muitos serviços domésticos no quintal da casa onde morava, em Brotas, bairro de classe média de Salvador.
Uma vizinha, de tanto ouvir as cantorias do outro lado do muro, a indicou a Tom Caldas, que virou seu parceiro musical e namorado durante oito anos. Na adolescência, toda vez que fugia para cantar, levava uma surra de caçarola de sua mãe, dona Joana D'Arc, e mesmo assim não desistiu. Com um repertório diversificado, que passeava pela MPB, Axé, Reggae e Forró, ela fazia o circuito de bares de Salvador e encerrou esta carreira na Lagoa do Abaeté. Neste meio tempo, cantou nas bandas Pinote, Jóia e Laranja Mecânica, além de carregar caixas de som como free lancer de contra-regra.
Em 1998 a vida de Gil deu uma reviravolta. Deixou de cantar em barzinho e assumiu o posto de Netinho na Banda Beijo. Ele estava procurando uma cantora para relançar a Banda, que havia sido fenômeno musical de 1988 a 92. Aguardou pacientemente por cinco anos, até que aparecesse um substituto à altura. Foram nove meses de preparação e Gil sofreu uma transformação. Emagreceu dez quilos, cortou os cabelos longos e cacheados e fez "cocós" (birotes amarrados com fios de arame), trocou os vestidos colados e curtos pelas calças folgadas e tops, coloriu a pele com tatuagens de henna, colou piercing.
O visual andrógino, inspirado na juventude londrina, foi assinado pelo estilista gaúcho Miguel Carvalho. Sua estréia em shows foi em outubro de 1998, no Rio de Janeiro, e desde então vem mantendo uma média de dez apresentações mensais, com um repertório variado. "É um show muito eclético. Além de músicas minhas, canto outros artistas. Estar no palco é o que sempre sonhei. Por isso, curto demais! Quero dividir a minha alegria e botar o povo para brincar comigo, é um show para dançar, se divertir e dar beijo na boca." É assim que Gil define em poucas palavras sua apresentação. São duas horas de um show elétrico. "Se o público estiver amando, fico até aguentar e faço todo mundo sair com o sapato na mão".


RELEASE 2006
Meu nome é um parque de diversões", brinca a irreverente Gil com seu nome de batismo, Gilmelândia Palmeira dos Santos. Em 1998 a vida de Gil deu uma reviravolta. Deixou de cantar em barzinho e assumiu o posto de Netinho na Banda Beijo. Ele estava procurando uma cantora para relançar a Banda, que havia sido fenômeno musical de 1988 a 92. Aguardou pacientemente por cinco anos, até que aparecesse um substituto à altura. Foram nove meses de preparação e Gil sofreu uma transformação. Emagreceu dez quilos, cortou os cabelos longos e cacheados e fez "cocós" (birotes amarrados com fios de arame), trocou os vestidos colados e curtos pelas calças folgadas e tops, coloriu a pele com tatuagens de henna, colou piercing. Seu visual ficou andrógino, inspirado na juventude londrina, foi assinado pelo estilista gaúcho Miguel Carvalho.


HOMECarnAxE - o autêntico e mais completo Portal do Carnaval HISTÓRIA Trajetória do carnaval, micaretas e música baiana CARNAVALMergulhe nessa folia e descubra tudo sobre o Carnaval da Bahia DIALETODesvende os segredos do dialeto baianês BUSCAXEPortal de Pesquisa das bandas, cantores e discografias completas DISCOGRAFIADiscografia completa da banda GILMELÊNDIA   



Gilmelândia Palmeira dos Santos é o seu nome de batismo, "Meu nome é um parque de diversões", assim Aconteceu em homenagem a uma amiga da mãe, de nome também curioso, Jumelânia, "Meus pais foram passar a lua-de-mel em Barra do Gil (praia situada na Ilha de Itaparica - BA). Quando eu nasci, eles juntaram as duas coisas e virei Gilmelândia". Nascida em 20 de setembro de 1975, Gil teve uma infância muito difícil, mas feliz. Viveu de forma humilde, estudou magistério e virou professora. Começou a cantar na adolescência, época que também fazia muitos serviços domésticos no quintal da casa onde morava, em Brotas, bairro de classe média de Salvador. Em 1998 a vida de Gil deu uma reviravolta. Deixou de cantar em barzinho e assumiu o posto de Netinho na Banda Beijo. Ele estava procurando uma cantora para relançar a Banda, que havia sido fenômeno musical de 1988 a 92. Aguardou pacientemente por cinco anos, até que aparecesse um substituto à altura. Foram nove meses de preparação e Gil sofreu uma transformação. Emagreceu dez quilos, cortou os cabelos longos e cacheados e fez "cocós" (birotes amarrados com fios de arame), trocou os vestidos colados e curtos pelas calças folgadas e tops, coloriu a pele com tatuagens de henna, colou piercing. O visual andrógino, inspirado na juventude londrina, foi assinado pelo estilista gaúcho Miguel Carvalho. Sua estréia em shows foi em outubro de 1998, no Rio de Janeiro.

CarnAxE - o autêntico e mais completo Portal do Carnaval