HOMECarnAxE - o autêntico e mais completo Portal do Carnaval BANDAS Bandas e Cantores CARNAVALMergulhe nessa folia e descubra tudo sobre o Carnaval da Bahia DIALETODesvende os segredos do dialeto baianês BUSCAXEPortal de Pesquisa das bandas, cantores e discografias completas DISCOGRAFIADiscografias completas do cantores e bandas   




Gilberto Passos Gil Moreira (Salvador/BA, 26 de junho de 1942),
popularmente conhecido como Gilberto Gil,
é cantor, compositor, músico e político brasileiro.

Vide Trajetória Histórica no final



2017 - DEZEMBRO
- Maestria de Gilberto Gil embala show do Festival Virada Salvador
- Festival Virada Salvador, maior reveillon do mundo
- Festival gratuito de música Combina MPB na Bahia
- Gilberto Gil convida Anitta


2017 - ABRIL
- Salvador celebra 468 anos com 5ª edição do Festival da Cidade


CARNAVAL - 2017
24.2 - SEX - Caetano Veloso e Gilberto Gil animam o Peló
25.2 - SAB - Bloco Cortejo Afro homenageia Gilberto Gil
27.2 - SEG - Raimundo Sodré homenageia Gilberto Gil e Chico Evangelista


2017 - FEVEREIRO
- Gilberto Gil e Cortejo Afro no Palácio da Aclamação
- Gravação DVD Cortejo Afro e Gilberto Gil


CARNAVAL - 2016
08.2- DOM- Gilberto Gil no desfile Bloco Filhos de Gandhy na Barra


2016 - JANEIRO
- Mercado Iaô com Margareth Menezes, Gilberto Gil e Mateus Aleluia


2015 - DEZEMBRO
- Turnê "Caê & Gil, Dois Amigos, Um Século de Música


2015 - NOVEMBRO
- Show de Caetano e Gil sai em CD duplo e DVD
- Turnê "Caê & Gil, Dois Amigos, Um Século de Música


2015 - OUTUBRO
- Turnê "Caê & Gil, Dois Amigos, Um Século de Música


2015 - SETEMBRO
- Turnê "Caê & Gil, Dois Amigos, Um Século de Música


2015 - AGOSTO
- Turnê "Caê & Gil, Dois Amigos, Um Século de Música


2015 - JULHO
- Turnê "Caê & Gil, Dois Amigos, Um Século de Música


2015 - JUNHO
- Turnê "Caê & Gil, Dois Amigos, Um Século de Música
- Luiz Caldas, Caetano e Gil na 26ª Prêmio Musica Brasil.


2015 - MAIO
- São Paulo recebe show lançamento DVD Para Gil & Caetano


2015 - ABRIL
- Margareth Menezes lança DVD Para Gil & Caetano


2015 - MARÇO
- Gilberto Gil é a grande atração do TCA


2013 - OUTUBRO
- Margareth Menezes "Para Gil & Caetano" em Porto e Lençóis


2013 - SETEMBRO
- Margareth Menezes Para Gil & Caetano chega em Juazeiro
- Margareth Menezes ‘Para Gil & Caetano’ estreia em Minas Gerais


2013 - AGOSTO
- Margareth Menezes canta ‘Para Gil & Caetano’ em Mucugê
- Margareth Menezes ‘Para Gil & Caetano’ em São Paulo


2013 - JULHO
- Margareth Menezes faz pocket show Para Gil & Caetano


2013 - JUNHO
- Gilberto Gil e a Orquestra Sinfônica da Bahia em Salvador
- Gil encanta público no TCA com muita poesia, máquinas e cordas


2013 - MAIO
- Gilberto Gil anima o Teatro do SESI em Porto Alegre
- Margareth Menezes canta Para Gil e Caetano em Salvador
- Para Gil e Caetano com casa lotada em Salvador
- Alexandre Leão participa show Para Gil e Caetano


2013 - MARÇO
- Para Gil & Caetano de Margareth Menezes


2013 - JANEIRO
- Pipoca Moderna de Marcia Castro
- Márcia Castro convida Gilberto Gil e Zeca Baleiro
- Ivete Sangalo dança valsa com Gilberto Gil no Festival Verão
- Festa de Nossa Senhora da Purificação em Santo Amaro
- Angela Lopo, Silvinha Torres e Tita Alves homenageiam Gilberto Gil


2012
- o DVD Especial Ivete, Gil e Caetano (Caetano/Gilberto Gil/Ivete), gravado pela Universal Music estava em 20º lugar entre os 20 DVD´s mais vendidos no Brasil, segundo o balanço realizado anualmente pela ABPD Associação Brasileira dos Produtores de Discos


2012 - NOVEMBRO
- Grammy Latino 2012, indicados e vencedores


2012 - AGOSTO
- Embaixadores de Salvador para a Copa de 2014


2012 - JULHO
- 1º Prêmio Contigo! MPB Brasil de Música


2012 - MAIO
- Gilberto Gil - Concerto de Cordas & Máquinas de Ritmo


2012 - ABRIL
- “Ivete, Gil e Caetano” em DVD


2012 - FEVEREIRO
- Festa da Paz reune Jau, Saulo e Gilberto Gil


2012 - CARNAVAL
- Varanda Elétrica do Camarote Expresso 2222
- Márcia Castro e Preta Gil comandam a Varanda Elétrica
- Camarote Expresso 2222 homenageia Luiz Gonzaga
- Varanda Elétrica no Camarote Expresso 2222


2011 - DEZEMBRO
- Ivete, Gil e Caetano, especial da Rede Globo


2011 - JUNHO
- Gilberto Gil anima Circo Voador no Rio
- Nicolas Krassik e Cordestinos
<

2011 - FEVEREIRO
- Brown convida Bell Marques, Ivete e Gilberto Gil
- Timbalada, Gil e Marga agitam Ensaio do Harmonia


2010 - DEZEMBRO
- Feira Música Brasil agita a capital mineira


2010 - NOVEMBRO
- Carlinhos Brown anima a Casa Cor Bahia 2010


2010 - MAIO
- Participação gravação DVD de Mart´nália


2010 - JANEIRO
- Gil e Bem Gil fazem acústico no TCA
- Margareth convida Gerônimo e Gil
- Gil é convidado do Ilê Aiyê


2009 - DEZEMBRO
- agenda de shows e eventos
- Gil apresenta Banda dois na Argentina
- Gil faz show em praça pública


2009 - OUTUBRO
- Convidado 8ª Parada Gay da Bahia


2009 - SETEMBRO
- Gil no Música Falada no TCA
- Gil canta no Morro do Pão de Acúcar
- Gil grava BandaDois no Teatro Bradesco


2009 - MAIO
- Encontro de artistas do Fesnam
- Festival que homenageia Salvador


2008 - DEZEMBRO
- Reveillon na Praia de Fortaleza com...


2007 - AGOSTO
- agenda de shows e eventos
- turnê européia chega ao fim
- Turnê, show Zambujeira
- Turnê, show Marciac
- show, São Paulo
- show, Rio de Janeiro


2007 - JULHO
- agenda de shows e eventos
- Turnê, show Zaragoza
- Turnê, show Milano
- Turnê, show Cartagena
- Turnê, show Madrid
- Nova Música no YouTube
- Turnê pela Europa
- Turnê, show Alveiro
- Turnê, show Agadir
- Turnê, show Zurich
- Turnê, show Palermo
- Turnê, show Taormina
- Turnê, show Perugia
- Turnê, show Pori
- Turnê, show Juan Les Pins


2007 - JUNHO
- Neti em música de Gilberto Gil
- Comemoração em dose dupla
- Participa Umbria Jazz Festival


2007 - MAIO
- Gravação DVD de Alcione no Rio


2007 - FEVEREIRO
- Expresso 2222 desfila na Barra


2006 - DEZEMBRO
- 58 anos Dec.Direitos Humanos


2006 - AGOSTO
- Relançamento Gil Luminoso
- Feira Música Fortaleza
- Gravação DVD Beth Carvalho
- Festa da MPB em Milão


2006 - JULHO
- Agenda da turnê internacional
- Programação da Copa em Berlim II


2006 - JUNHO
- Como foi show em Berlim
- Baianos investem em hits copa
- Agenda da turnê internacional
- Margareth divide palco com Gil
- Gil lança dois Cds para Copa
- Programação da Copa em Berlim I
- Comemora aniversário em Londres


2006 - MARÇO
- Gravação da música da Copa


2006 - FEVEREIRO
- Programação do Trio 2222
- Compõe música para a Copa
- Luiz Caldas comana o Expresso
- Recebe o Grammy de world music
- Balé de Berlim, música Copa
- totally Tropicália revolution
- Jantar com Bono Vox do U2


2005 - NOVEMBRO
- Festival África-Brasil


2005 - JULHO
- Espirelia 2005
- Place de la Bastille
- canta com Lula-França


2005 - MAIO
- Icentivo a cultura
- Divulgação Tim Music


2005 - ABRIL
- Tom Brasil RJ


2005 - JANEIRO
- Agenda de shows e eventos
- Tresloucados no Circo Voador
- Banho de Axé, Festa Iemanjá
- Festival de Verão Guarujá


2004 - DEZEMBRO
- Samba-de-roda, patrimônio
- Obra completa na net
- lançamento cd e dvd


2004 - NOVEMBRO
- Gil se apresenta na Argentina
- Lançamento do Eletroacústico


2004 - SETEMBRO
- Gil se apresenta em Nova York
- Gil em Turnê pelo Mexico
- Agenda shows e eventos
- Seleção do Chill: Brazil3


2004 - AGOSTO
- Agenda de shows e eventos


2004- JULHO
- Apresentação no centro de Roma
- Impacto visibilidade do ministro


2003 - JANEIRO
- Discurso na posse de Ministro


1967 - NOVEMBRO
- Jornal publica "A explosão Alegria-Alegria"



TRAJETÓRIA HISTÓRICA
Nascido em Salvador, Gilberto Gil passou a infância em Ituaçu, no interior da Bahia, onde começou a se interessar pela música das bandas da cidade e pelo que ouvia no rádio, como Orlando Silva e Luiz Gonzaga. Aos 9 anos Gilberto Gil muda-se para Salvador com a irmã, para terminar o colégio, e começa a aprender acordeom. Durante a juventude Gilberto Gil intensifica os estudos musicais, formando aos 18 anos o conjunto Os Desafinados. No fim dos anos 50, João Gilberto se torna uma influência importante para Gilberto Gil, que passa a tocar violão. Na faculdade,Gilberto Gil faz contato com a música erudita contemporânea por meio do vanguardista grupo de compositores da Bahia, que incluía Walter Smétak e Hans Joachim Koellreuter. Em 1962 Gilberto Gil grava o primeiro compacto solo ("Povo Petroleiro" e "Coça Coça, Lacerdinha"), e conhece Caetano Veloso, Maria Bethânia e Gal Costa. No ano seguinte, com a entrada de Tom Zé no grupo, fazem o show "Nós, Por Exemplo", no Teatro Vila Velha, em Salvador, que inaugura a carreira dos quatro artistas. Logo em seguida Gilberto Gil se muda para São Paulo, onde trabalha na empresa Gessy-Lever durante o dia e freqüenta bares e casas de show durante a noite. É nessa época que Gilberto Gil conhece Chico Buarque, Torquato Neto e Capinam. Gilberto Gil Começa a se tornar mais famoso no programa de televisão O Fino da Bossa, comandado por Elis Regina. Lá , Gilberto Gil apresenta, entre outras, suas composições "Eu Vim da Bahia" e "Louvação". Com o sucesso,Gilberto Gil abandona o emprego na Gessy-Lever e assina contrato com a Philips, que lança seu primeiro LP, "Louvação", em 1967. Já radicado no Rio de Janeiro, Gilberto Gil participa de festivais da Record e da TV Rio e chega a ter seu próprio programa na TV Excelsior, o Ensaio Geral. Separado da primeira mulher, Gilberto Gil passa a viver com a cantora Nana Caymmi, que defende "Bom Dia" (parceria dos dois) no 3º Festival da Record, em 1967. No mesmo festival Gilberto Gil toca "Domingo no Parque" acompanhado pelos Mutantes, uma das músicas mais impactantes do festival, classificada em segundo lugar. "Alegria, Alegria", de Caetano Veloso, classificada em quarto no mesmo festival, formaria junto com "Domingo no Parque" o embrião do movimento tropicalista, em boa parte por causa da inserção de guitarras elétricas em uma música que não era rock. Em 1968 lançou o LP "Gilberto Gil", dando início ao Tropicalismo, e tendo Gilberto Gil e Caetano Veloso como principais figuras. Com uma proposta de antropofagia de valores culturais estrangeiros baseada em idéias de Oswald de Andrade, o tropicalismo se concretizou com "Tropicália ou Panis et Circensis", disco que contou, além de Caetano Veloso e Gilberto Gil, com Os Mutantes, Torquato Neto, Capinam, Gal Costa, Tom Zé, Nara Leão e arranjos do maestro Rogério Duprat. Em 1969 foi preso pela ditadura militar, e lançou a irônica "Aquele Abraço", uma de suas músicas mais famosas. Em seguida Gilberto Gil partiu com Caetano Veloso para o exílio na Inglaterra. Gilberto Gil voltou em janeiro de 1972, para um show em que lançou músicas como "Oriente" e "Back In Bahia", do seu disco seguinte, "Expresso 2222". Desde o final dos anos 60 Gilberto Gil se consolidou como uma das mais criativas e influentes personalidades da música brasileira. Sempre em sintonia com o que ocorre de novo na música mundial, os discos de Gilberto Gil são lançados em diversos países e sua carreira internacional já lhe rendeu inclusive um Grammy na categoria Melhor Disco de World Music em 1998, pelo álbum "Quanta Ao Vivo". Em 72, revitalizou a cultura nordestina no LP "Expresso 2222", mais tarde, reviu a brejeirice sertaneja em "Refazenda". Em 79, o álbum "Realce" foi um divisor de águas na carreira de Gilberto Gil, quando começou a flertar com o reggae e o pop. São desta fase ainda os LPs "Luar", "Um Banda Um", "Extra", "Raça Humana", "Dia Dorim, Noite Neon" e "O Eterno Deus Mu Dança". A atualidade de Gilberto Gil pode ser percebida por meio de seus discos, caso do pioneiro CD "MTV/Unplugged" (1994), que lançou uma verdadeira mania de discos acústicos no Brasil, e de "Tropicalia 2" (ao lado de Caetano Veloso), em que flerta com o rap na faixa "Haiti". Entre os discos "Quanta" e sua versão ao vivo, "Quanta Gente Veio Ver", Gilberto Gil lançou, sem maior publicidade, "O Sol de Oslo", pelo selo Pau Brasil, ao lado dos músicos Marlui Miranda, Rodolfo Stroeter, Bugge Wesseltoft e Toninho Ferragutti. Em 2000, Gilberto Gil teve seu maior sucesso radiofônico em vários anos com o xote "Esperando na Janela", de Targino Gondim, da trilha sonora do filme "Eu, Tu, Eles", interpretada por Gilberto Gil. No mesmo ano Gilberto Gil iniciou parceria com Milton Nascimento, cristalizada no disco " Gilberto Gil e Milton". Dentre muitos sucessos de Gilberto Gil em mais de 35 anos de carreira, os maiores foram "Preciso Aprender a Só Ser", "Refazenda", "Expresso 2222", "Eu Só Quero um Xodó" (Dominguinhos/ Anastácia), "Maracatu Atômico" (Jorge Mautner/ Nelson Jacobina), "Punk da Periferia", "Parabolicamará", "Bananeira" (com João Donato), "Divino Maravilhoso" (com Caetano Veloso), "Filhos de Gandhi", "Haiti" (com Caetano), "Sítio do Pica-pau Amarelo", "Soy Loco por Ti America" (com Capinam), "Realce", "Toda Menina Baiana", "Drão", "Se Eu Quiser Falar com Deus", "Estrela" e muitas outras. Nos anos 80 Gilberto Gil foi vereador em Salvador e milita por causas ecológicas no Partido Verde. e é o atual Ministro da Cultura.
A obra musical de Gilberto Gil abrange uma ampla dimensão e variedade de ritmos e questões em suas composições, pertinentes a realidade e a modernidade; da desigualdade social às questões raciais, da cultura Africana à Oriental, da ciência à religião, entre muitos outros temas. A abrangência e profundidade nos diferentes temas de sua obra musical, são qualidades específicas deste artista, fazendo de Gilberto Gil, um dos melhores e mais importantes compositores musicais brasileiros.
A importância de Gilberto Gil na cultura de seu país vem desde os anos 60, quando ele e Caetano Veloso criaram o ropicalismo. Radicalmente inovativo no cenário musical, o movimento assimilou a cultura pop aos gêneros nacionais; profundamente crítica nos níveis políticos e morais, o tropicalismo finalizou sendo reprimido pelo regime autoritário militar. Gilberto Gil e Caetano Veloso foram exilados de seu país, indo para Londres.Em Londres, Gilberto Gil gravou um album em inglês pela gravadora local PHILIPS.
Quando ele retornou ao Brasil, ele começou a series de discos antológicos nos anos setenta: "Expresso 2222", "Gil e Jorge"(com Jorge Ben Jor), " Os Doces Bárbaros" (com os baianos Caetano Veloso, Gal Costa e Maria Bethânia) e a trilogia conceitual: "Refazenda" (sobre a extração de campo), "Refavela" (com ritmos da Jamaica, Nigeria, Rio de Janeiro e Bahia), e "Realce" – este último gravado em Los Angeles, firmando sua opção pela música pop, que direcionaria o desenvolvimento de sua trajetória nos anos 80. Nos anos 90, vieram: Parabolicamará", "Tropicalia2" ( com Caetano Veloso, celebrando os 25 anos do movimento Tropicalista) e "Unplugged" ( a coletânea de sucessos gravado ao vivo pelo canal MTV). In 1997, Ele lançou o album duplo "Quanta" e em 1998, lançou "Quanta gente veio ver", em album duplo ao vivo, comemorando o enorme sucesso de uma tounee mundial e que ganhou o "Grammy Award" de melhor musica mundial. Em 2000, lançou o CD "Eu, Tu, Eles" e o CD "Gil & Milton" (com Milton Nascimento). Em 2001, lança o CD "São João Vivo".
Com 57 álbuns lançados até 2012, Gilberto Gil ganhou 8 Grammys. Por seu engajamento sempre criativo em levar para o mundo o coração e a alma da música brasileira, Gilberto Gil tem sido contemplado por diversas entidades e personalidades e tem recebido muitos prêmios no Brasil e no exterior. Seu talento, sua curiosidade, a firmeza de sua convicção cultural como músico e embaixador, o torna único.

  • Em 2002, lança o CD e DVD "Kaya n´Gan Daya", que depois de uma tournée mundial, tornou-se em CD ao vivo. Em 2004, lançou ao vivo o CD e DVD "Eletracústico". Eletracustico foi o resultado do concerto que realizou na ONU em N.Y. "Eletracústico" veio para atender a imensa demanda do público, depois do intervalo de três anos sem gravar, desde que assumiu o cargo de Ministro da Cultura do Brasil. Alguns dos seus sucessos estão mais intensivamente marcados pelo diálogo entre a percussão acústica e eletrônica, cantando um repertório histórico de sucessos dos anos 60 até os dias de hoje, com a alegria e entusiasmo marcantes da sua voz.
  • Em 2006, a gravadora Biscoito Fino relança o disco com o título de “Gil Luminoso – voz e violão”, cd que foi gravado em 1999 para ser encartado no Livro “Giluminoso – A Po.Ética do Ser”, de Bené Fonteles. O livro foi uma homenagem a Gil com mais de 50 letras do compositor, fotos e um longo depoimento de Gilberto Gil. A tournée Gil Luminoso, uma das mais belas de sua carreira, passou pela Europa e Estados Unidos.
  • Em 2008, Gilberto Gil lançou "Banda Larga Cordel", reafirmando seu engajamento irreversível com as novas réguas e compassos do universo “bits and bytes” - tema que o tem fascinado por mais de trinta anos - onde Gil disponibiliza ao máximo seu trabalho para webcasts, podcasts, cellcasts, etc. Os shows tiveram um caloroso convite para que se fotografe e filme o que quiser o quanto quiser. Os bastidores da tour foram lançados na internet ao máximo em diversas plataformas a partir do hotsite especialmente criado.
  • Ainda no ano de 2009, em dezembro, foi lançado o CD/DVD BandaDois, registro do show gravado ao vivo em setembro no Teatro Bradesco em SP, sob direção de Andrucha Waddington. O show, com Gil em voz e violão, contou com as participações de Maria Rita e de seus filhos Bem (que o acompanha ha tempos nas apresentações) e o filho mais novo José, que surpreendeu o público nos números em que toca baixo.
  • Em abril de 2010 excursionou pelos Estados Unidos, com o projeto Concerto de Cordas, e logo após seu retorno ao Brasil, inicia a gravação de seu novo disco, “Fé na Festa”, todo dedicado ao gênero do forró, o álbum inclui parcerias com Vanessa da Mata e Nando Cordel. Em junho de 2010 Gil excursionou o nordeste com a turnê “Fé na Festa”, durante o mês de julho, leva a Europa o mesmo show, intitulado em terras estrangeiras como: “For All”.

RELEASE THEATRO NET SP - DEZ 2014
Gilberto Gil tem um papel fundamental no processo constante de modernização da Musica Popular Brasileira. Na cena há 49 anos, ele tem desenvolvido uma das mais relevantes e reconhecidas carreiras como cantor, compositor e guitarrista. O cantor baiano tem tido seus álbuns lançados mundo a fora, desde 1978, o ano do sucesso de sua performance no “Montreux Jazz Festival”, na Suíça , gravado ao vivo.
Ritmos do nordeste do Brasil como o baião, samba e bossa-nova foram fundamentais na sua formação. Usando essas influências como um ponto inicial, Gil formulou sua própria música, incorporando rock, reggae, funk e ritmos da Bahia, como o afoxé. A obra musical de Gilberto Gil abrange uma ampla dimensão e variedade de ritmos e questões em suas composições, pertinentes a realidade e a modernidade; da desigualdade social às questões raciais, da cultura Africana à Oriental, da ciência à religião, entre muitos outros temas.
A importância de Gilberto Gil na cultura de seu País vem desde os anos 60, quando ele e Caetano Veloso criaram o Tropicalismo. Radicalmente inovativo no cenário musical, o movimento assimilou a cultura pop aos gêneros nacionais; profundamente crítica nos níveis políticos e morais, o tropicalismo finalizou sendo reprimido pelo regime autoritário militar.
Gilberto Gil e Caetano Veloso foram exilados de seu país, indo para Londres. Foi na Europa que Gilberto Gil gravou um álbum em inglês pela gravadora local PHILIPS. Quando retornou ao Brasil, Gil começou a series de discos antológicos, nos anos de 1970: "Expresso 2222", "Gil e Jorge"(com Jorge Ben Jor), " Os Doces Bárbaros" (com os baianos Caetano Veloso, Gal Costa e Maria Bethânia) e a trilogia conceitual: "Refazenda" (sobre a extração de campo), "Refavela" (com ritmos da Jamaica, Nigeria, Rio de Janeiro e Bahia), e "Realce" – este último gravado em Los Angeles, firmando sua opção pela música pop, que direcionaria o desenvolvimento de sua trajetória nos anos 80.
Com 57 álbuns lançados, Gilberto Gil ganhou oito Grammys por seu engajamento sempre criativo em levar para o mundo o coração e a alma da música brasileira, Gilberto Gil tem sido contemplado por diversas entidades e personalidades e tem recebido muitos prêmios no Brasil e no exterior. Além de músico, Gilberto Gil também tem grande papel na cultura popular, principalmente após ter assumido o cargo de Ministro da Cultura (de 2003 a 2008


SEGUNDO REVISTA MARGOT MAGAZINE - AGOSTO 2015
A relação entre os dois vem de muito tempo. Caê e Gil se conheceram na lendária Rua Chile, centro de Salvador, numa tarde qualquer quando Gil descia a rua com o produtor Roberto Santana e este avistou Caetano que vinha subindo e fez as apresentações. Ali surgiria a amizada e um dos principais movimentos culturais que o país já viu: a Tropicália.


RELEASE 2005
- 29 de janeiro - Gilberto Gil e o sociólogo catalão Manuel Castells debatem: "Revolução Digital: software livre, liberdade do conhecimento e liberdade de expressão na sociedade da informação" no Fórum Social Mundial em Porto Alegre, RS.
- 02 de março - debate "A Cultura na Estratégia da Integração Latino-Americana", no ginásio do Ibirapuera, São Paulo com Hector Soto (secretário nacional da Cultura da Venezuela), Abel Prieto (ministro da Cultura de Cuba), José Num (secretário Nacional de Cultura da Argentina)
- 19 de março - participa do baile beneficente em Monte-Carlo, Mônaco – organizado pela princesa Caroline.
- maio - compõe 'hino', em francês, para festival de Dacar - "La Renaissence Africaine"
- 20 de maio - recebe prêmio "Polar Music Prize" em Estocolmo, Suécia
- 30 de maio - participa do Evento: "Sabatina na Folha" no Teatro Folha, São Paulo / SP.
- Maio - Sabatinadores: Marcos Augusto Gonçalves, editor de Opinião; Fernando de Barros e Silva, editor de Brasil; Mario Cesar Carvalho, repórter especial da Folha; Arthur Nestrovski, editor da Publifolha e professor da pósgraduação em comunicação e semiótica na PUC-SP
- julho - recebe o Prêmio Multishow de Música Brasileira, 2005 – categoria Música - "Vamos Fugir" (Gilberto Gil/Liminha), com Skank
- 13 de julho - Show "Viva Brasil" na Praça da Bastilha em Paris onde reuniu quase 100 mil pessoas.
- agosto - é indicado para o prêmio "6º Grammy Latino" com o CD "Eletracústico", como melhor álbum de música popular brasileira .
- 16 de outubro - recebe do governo Francês a "Légion D'Honneur Grand Officier".
- 1º de dezembro - show de lançamento do DVD "Show da Paz, Gil na ONU", no auditório do Ibirapuera, em SP; o DVD foi gravado em 2003, na sede da entidade, e teve participação do secretário-geral Kofi Annan.
- dezembro - é indicado ao Prêmio Grammy nos Estados Unidos de melhor álbum contemporâneo de world music pelo CD "Eletracústico"
- Dezembro - Depois de anos sem compor, Gilberto Gil coloca o ponto final na nova canção - "Balé de Berlim" - feita para a seleção brasileira.


 

Em 1965, Gilberto Passos Gil Moreira abandona o emprego na Indústria Gessy Lever, em Valinhos/SP e decidi a viver só de música. A ousadia o levou a criar o movimento Tropicalista e a ser um dos grandes mestres da música brasileira.